56 aniversario

"Mi trabajo son tus derechos"

Conclui reunião do Comitê Executivo da CLATE em Santo Domingo

Conclui reunião do Comitê Executivo da CLATE em Santo Domingo

Entidades de 12 países participaram do encontro na República Dominicana.

O Comitê Executivo da Confederação Latino-americana e do Caribe de Trabalhadores Estatais (CLATE) se reuniu nos dias 26 e 27 de maio na cidade de Santo Domingo, na República Dominicana. As entidades foram recebidas pelos três sindicatos anfitriões: a União Nacional dos Serviços de Enfermagem (UNASE), dirigida por Rafaela Figuereo, a Federação Nacional dos Trabalhadores e Aposentados do Instituto Dominicano de Previdência Social (FENATRASAL), liderada por Delsi Sosa, e a Confederação Nacional dos Servidores do Estado (CONATE), representada por Josefina Ureña.

Estiveram presentes os seguintes membros do Comitê Executivo: Julio Fuentes, presidente da CLATE, Héctor Méndez, secretario da Presidência, Orlando Batres, presidente da AGEPYM (El Salvador) e secretário de Comunicação da CLATE, Percy Oyola Palomá, presidente da UTRADEC (Colômbia) e secretário de Integração de CLATE, Winston Huamán Henríquez, presidente da CITE (Peru) e secretário executivo da CLATE para a Região Andina, Roland Ignacio, secretário-geral da ABVO (Curaçao) e secretário executivo da CLATE para a Região Caribe, Sergio Arnoud, diretor de Relações Internacionais da CSPB (Brasil) e secretario executivo da CLATE para o Cone Sul.

Também participaram os dirigentes das entidades afiliadas Mario Montes (AGEPYM – El Salvador), Angel Pincheira Aubel (FENAMOP – Chile), Wendy Calmes (ABVO – Curaçao), Elizabeth Osorio (UTRADEC – Colômbia), Narciso Castillo e Cintia Ribas (UNTE-SN – Paraguai), José Antonio Valadez Torres e Armando Sergio González Olvera (SUTEYM – México), Delsi Sosa, Zacarías Toledo García, Modesta Polanco Suero (FENATRASAL – República Dominicana), Josefina Ureña, María Sánchez, Ramón Montero (CONATE – República Dominicana), Oscar Centeno (FENOTRAP – Costa Rica), Nayibe Rozo e Sandra P. Hortua (UTRADEC – Colômbia), Pablo Cabrera (COFE – Uruguai), Josefa Nuñez, Analises Carvajal, Rosa Nin (UNASE – República Dominicana).

Nesta oportunidade, o presidente da CLATE, Julio Fuentes, fez um balanço das atividades protagonizadas pela confederação da última reunião do Comitê Executivo, realizada em novembro de 2014 na Colômbia, até o mês de maio, e apresentou um relatório sobre o avanço do Campus Virtual de formação política da CLATE. Ele se referiu, também, à participação da confederação na 104ª Conferência Internacional do Trabalho da OIT, que acontece em Genebra do dia 1° a 13 de junho. Como é habitual nas reuniões do Comitê Executivo, os representantes das organizações-membro informaram sobre a situação dos trabalhadores do setor público em seus países.

Jornada Continental de Lutas


O centro do debate foi a coordenação da Jornada Continental de Lutas dos servidores públicos convocada pela CLATE para o dia 26 de junho. O diretor de Comunicação da Associação Trabalhadores do Estado (Argentina), Darío Fuentes, entregou a cada entidade as ferramentas necessárias para a difusão e a realização da jornada, como bandeiras, cartazes, stencils, entre outras. «Em todas as capitais da América Latina e do Caribe os servidores públicos vão aderir a esta jornada unificada pela estabilidade, pelo trabalho formal e pela plena vigência da Convenção 151 da OIT», afirmou Julio Fuentes, de volta à Buenos Aires.

Segundo o presidente da CLATE, a República Dominicana foi o cenário propício para o encontro, porque “no país existe uma luta dos trabalhadores do setor público vinculada à criação da Secretaria da Função Pública e à discussão de novos regulamentos trabalhistas” e “uma luta forte pela estabilidade e pela vigência da Convenção 151”, explicou Fuentes.

Reuniões prévias


Nos dias prévios ao evento, os integrantes do Comitê Executivo da CLATE tiveram reuniões nas sedes dos sindicatos anfitriões e visitaram o Instituto Nacional de Formação Técnico Profissional (INFOTEP) da República Dominicana, um órgão público de condução tripartite, cuja função é capacitar os jovens dominicanos em diversos ofícios para facilitar sua entrada ao mundo do trabalho. Rafaela Figuereo, secretária-geral da UNASE, é uma das representantes dos trabalhadores na diretoria do Instituto.

 

Noticias Recientes:

Noticias Relacionadas: